TRABALHO DE CAMPO

OS 6ºS ANOS E O TRABALHO DE CAMPO - EROSÃO.

Com o objetivo de consolidar os conteúdos trabalhados durante o bimestre os alunos do 6º ano do Colégio Prisma realizaram um trabalho de campo e puderam observar  in loco, a destruição causada por uma forte erosão em um fundo de vale da cidade de Arapongas. Essa erosão teve início com o grande volume de chuvas ocorrido em janeiro de 2016, agravado pelo rompimento de galerias pluviais. Esse fenômeno foi se agravando ano a ano, modificando a paisagem da região, provocando danos ambientais e financeiros, além de promover a abertura de uma cratera de aproximadamente 100 metros de largura por 40 metros de profundidade. 

O Professor Alessandro Muller, pontua o beneficio desse trabalho de campo nas aulas para os alunos, "O principal benefício está na consolidação do conhecimento observando na prática elementos e conteúdos tratados em sala de aula durante o bimestre."

A Aluna Ana Silva  comenta o que achou dessa experiência fora de sala de aula, "Muito legal, pois foi uma oportunidade de aprender mais e de uma forma diferente , mais prática."

"Foi muito interessante observar a ação dos agentes externos no caso a erosão que estudamos na sala de aula. Observamos a cratera com 40 metros de profundidade criada pela ação da água da chuva ao longo do tempo", diz o aluno Otávio ao expor sua impressão de ver de perto o conteúdo estudado em sala de aula.